Web Analytics
top of page
White Gradient

EmoRisk

Primeiro e único sistema da história capaz de localizar, detectar e monitorar riscos psicossociais em tempo real.

O sistema

EmoRisk

Revolucionando o bem-estar no local de trabalho por meio da detecção avançada de emoções.

Aproveitando a tecnologia de ponta, o EmoRisk oferece informações valiosas sobre as emoções diárias dos funcionários, melhorando o bem-estar, a saúde mental e a produtividade no local de trabalho.

Chromebook (1920 × 1080 px) (2).png

Experimente o poder do EmoRisk, o sistema de ponta projetado para detectar e gerenciar riscos psicossociais em funcionários. Com o EmoRisk, as organizações ganham ferramentas para controlar e mitigar riscos potenciais de forma eficaz, garantindo um ambiente de trabalho mais saudável e produtivo.

01

Detecção Abrangente de Riscos

02

Monitoramento Contínuo e Intervenção Imediata

03

Capacidade Produtiva Aprimorada

04

Controle de tempo de atendimento

EmoRisk se destaca como a primeira e única tecnologia capaz de detectar uma ampla gama de riscos psicossociais, incluindo estados emocionais, níveis de estresse, carga mental, esgotamento, depressão, assédio e tendências de desgaste de funcionários. Obtenha insights profundos sobre o bem-estar de sua força de trabalho e resolva proativamente possíveis problemas antes que eles aumentem.

EmoRisk fornece monitoramento em tempo real e indicadores de intervenção imediata, permitindo que as organizações respondam rapidamente aos riscos emergentes. Ao ficar à frente de possíveis desafios, você pode intervir de forma eficaz, promovendo o bem-estar dos funcionários e preservando a produtividade.

Com a EmoRisk, você pode focar na otimização da capacidade produtiva e desempenho do seu capital humano. O monitoramento contínuo do sistema permite identificar áreas de melhoria, implementar intervenções direcionadas e aumentar o envolvimento e a satisfação dos funcionários.

EmoRisk vai além da detecção de risco, incorporando o rastreamento de tempo de atendimento. Simplifique o gerenciamento de atendimento e garanta a conformidade com os cronogramas, aprimorando a eficiência e a responsabilidade da força de trabalho.

Descubra o poder do EmoRisk, um sistema abrangente que revoluciona a forma como as organizações gerenciam os riscos psicossociais. O EmoRisk consiste em dois aplicativos perfeitamente integrados, cada um oferecendo benefícios exclusivos para um gerenciamento de risco eficaz.

Plataforma Administrativa

Com nosso aplicativo administrativo intuitivo, sua equipe dedicada de gerenciamento de risco psicossocial obtém controle total e supervisão do sistema EmoRisk.

Sistema Admin EmoRisk

Aplicação EmoRisk

Nosso aplicativo EmoRisk capacita os funcionários a cuidarem de seu bem-estar emocional diariamente.

EmoRisk App

Algumas Características:

Registro Emocional Diário: Por meio de uma interface simples e amigável, os funcionários podem registrar sua voz por apenas 6 segundos por dia, fornecendo informações valiosas sobre seu estado emocional atual.

Registo de horas: Verificação e registo das horas de entrada e saída.

Asignación de licencias: Atribua licenças EmoRisk a funcionários individuais, permitindo-lhes aceder à aplicação EmoRisk e contribuir para o seu próprio bem-estar.

Monitoramento de alertas: monitore alertas e notificações em tempo real, fornecendo informações imediatas sobre o estado emocional dos funcionários e permitindo uma intervenção rápida quando necessário.

Áreas de Aplicação EmoRisk

employee.png

TRABALHADORES

EmoRisk é projetado para beneficiar uma ampla gama de profissionais em todas as indústrias.

forces.png

FORÇAS ARMADAS

O sistema EmoRisk pode contribuir significativamente para o bem-estar do pessoal das forças armadas.

salud.png

Ao detectar estados emocionais e fornecer suporte, o EmoRisk pode ajudar a mitigar o esgotamento, aumentar a resiliência e promover o bem-estar daqueles que se dedicam a cuidar dos outros.

Students.png

EmoRisk fornece informações valiosas sobre os estados emocionais dos alunos, permitindo que as instituições de ensino identifiquem e tratem de possíveis desafios psicológicos, promovendo o bem-estar mental e apoiando o sucesso acadêmico.

sport (1).png

EmoRisk pode ajudar atletas e profissionais do esporte a monitorar seu bem-estar emocional, detectar sinais de estresse ou esgotamento e otimizar seu desempenho gerenciando os riscos psicossociais de forma eficaz.

Por que a detecção de riscos psicossociais é importante?

Estresse no trabalho, violência e qualquer outro distúrbio psicossocial no local de trabalho são conflitos que preocupam as autoridades e passam a ser de responsabilidade do empregador.

O uso de tecnologias que detectam riscos psicossociais nas empresas é fundamental para a promoção de um ambiente de trabalho saudável e produtivo. Aqui estão alguns dados estatísticos da Organização Mundial da Saúde (OMS) e da Organização Internacional do Trabalho (OIT) que destacam a importância dessas tecnologias:

1. Impacto na Deficiência e Produtividade:

  • Segundo a OMS, a depressão é projetada para ser a principal causa de incapacidade em todo o mundo até 2020.

  • Condições de saúde mental, incluindo transtornos relacionados ao estresse, contribuem significativamente para o absenteísmo, diminuição da produtividade e aumento dos custos de saúde para as empresas.

  • Além disso, há uma prevalência crescente de dependência de álcool, tabaco e síndromes comumente associadas aos ambientes de trabalho, como burnout (síndrome do trabalhador queimado) e ansiedade. É importante observar que o estresse no trabalho pode até acelerar o aparecimento de doenças como hipertensão ou diabetes.

Recursos Humanos
Estrés

2. Prevalência de Estresse Relacionado ao Trabalho:

  • A OIT estima que o estresse relacionado ao trabalho afeta mais de 1 bilhão de trabalhadores em todo o mundo, levando ao aumento do absenteísmo e redução do desempenho.

  • Só na Europa, as ausências ao trabalho relacionadas com o stress representam 50-60% de todos os dias de trabalho perdidos.

3. Consequências econômicas:

  • A OIT estima que o custo global do estresse relacionado ao trabalho e das condições de saúde mental seja de cerca de 4% do PIB global, o que equivale a trilhões de dólares anualmente.

  • Perda de produtividade, despesas médicas e outros custos associados tornam o investimento em tecnologias de detecção de risco psicossocial uma decisão financeiramente sólida para as empresas.

perdidas economicas
nivel de riesgo

4. Gestão proativa de riscos:

  • A detecção precoce de riscos psicossociais permite que as empresas tomem medidas proativas, como a implementação de programas de apoio aos funcionários, iniciativas de treinamento e intervenções de gerenciamento de estresse.

  • Ao identificar e abordar prontamente os riscos psicossociais, as empresas podem reduzir a probabilidade de conflitos no local de trabalho, esgotamento e rotatividade de funcionários.

  • A Convenção da OIT sobre Segurança e Saúde Ocupacional (No. 155) e a Recomendação (No. 164) fornecem uma estrutura legal para proteger a saúde e a segurança dos trabalhadores. No entanto, o Atlas de Saúde Mental da OMS descobriu que apenas 35% dos países relataram ter programas nacionais para promoção e prevenção de saúde mental relacionada ao trabalho.

5. Quadros Legais e Regulamentares:


Regulamentos sobre riscos psicossociais no local de trabalho foram estabelecidos em várias regiões do mundo.
A gestão do risco psicossocial tem ganhado cada vez mais atenção, com vários países adotando estruturas legais e regulatórias para lidar com essas questões. Embora os regulamentos específicos possam variar entre os países, aqui estão alguns exemplos notáveis:

  • Na Europa, a Agência Europeia para Segurança e Saúde no Trabalho tem diretrizes para lidar com o estresse relacionado ao trabalho.
    A Agência Europeia para a Segurança e Saúde no Trabalho (EU-OSHA) fornece informações sobre a gestão do stress relacionado com o trabalho e dos riscos psicossociais. A Diretiva-Quadro 89/391/CEE estabelece os princípios gerais para a proteção da saúde e segurança dos trabalhadores, o que inclui a abordagem dos riscos psicossociais.

  • Reino Unido:
    Lei de Saúde e Segurança no Trabalho (1974): A Lei de Saúde e Segurança no Trabalho impõe aos empregadores o dever geral de garantir a saúde, a segurança e o bem-estar de seus funcionários. Inclui a obrigação de identificar e gerir os riscos psicossociais no local de trabalho.

  • Alemanha:
    Lei de Saúde e Segurança Ocupacional (Arbeitsschutzgesetz): Esta lei obriga os empregadores a avaliar e gerenciar os riscos psicossociais no local de trabalho. Exige que os empregadores identifiquem fatores de estresse, desenvolvam medidas preventivas e forneçam suporte aos funcionários.

  • França:
    Código do Trabalho (Code du travail): O Código do Trabalho francês aborda os riscos psicossociais por meio de disposições relacionadas à prevenção de riscos ocupacionais. Exige que os empregadores avaliem e tratem dos riscos psicossociais, desenvolvam medidas preventivas e forneçam informações e treinamento aos funcionários.

  • Suécia:
    Lei do Ambiente de Trabalho (Arbetsmiljölagen): A Lei Sueca do Ambiente de Trabalho exige que os empregadores realizem avaliações de risco, incluindo riscos psicossociais, e abordem e previnam sistematicamente riscos psicossociais, como estresse e bullying no local de trabalho. Enfatiza medidas preventivas.

  • Suíça
    Na Suíça, os riscos psicossociais no local de trabalho são abordados no âmbito da legislação de saúde e segurança ocupacional.
    A Lei Federal Suíça sobre Seguro de Acidentes (LAA) e a Portaria sobre Seguro de Acidentes (UVV) fornecem diretrizes para a prevenção de riscos psicossociais.

  • Noruega:
    Na Noruega, os riscos psicossociais no local de trabalho são regulados pela Lei do Ambiente de Trabalho (Arbeidsmiljøloven).
    A Lei exige que os empregadores identifiquem, avaliem e implementem medidas para prevenir riscos psicossociais, incluindo estresse e assédio.

  • Finlândia:
    A Finlândia tem legislação em vigor para lidar com os riscos psicossociais no local de trabalho, que é regido principalmente pela Lei de Segurança e Saúde Ocupacional (Työturvallisuuslaki).
    Os empregadores na Finlândia são obrigados a identificar e mitigar os riscos psicossociais, como estresse e assédio moral no local de trabalho.

  • Austrália:
    Lei de Saúde e Segurança no Trabalho (2011): A Lei de Saúde e Segurança no Trabalho exige que os empregadores forneçam um ambiente de trabalho seguro e saudável, o que inclui abordar os riscos psicossociais. Ele enfatiza o dever de cuidado e a importância da avaliação de riscos e medidas de controle.
    Safe Work Australia oferece recursos sobre estresse, intimidação e assédio relacionados ao trabalho, incluindo diretrizes para prevenir e gerenciar riscos psicossociais.
    Alguns estados e territórios, como New South Wales e Victoria, têm legislação adicional sobre assédio moral e riscos psicossociais no local de trabalho.

  • Japão:
    Lei de Saúde e Segurança Industrial: A Lei de Saúde e Segurança Industrial no Japão exige que os empregadores tomem medidas para prevenir a saúde mental

  • Norma Oficial Mexicana NOM-035-STPS-2018: Esta norma oficial, emitida pela Secretaria de Trabalho e Bem-Estar Social (Secretaría del Trabajo y Previsión Social - STPS), aborda a identificação, análise, prevenção e controle de riscos psicossociais na ambiente de trabalho. Visa prevenir o estresse relacionado ao trabalho e promover um ambiente de trabalho favorável. Os empregadores são obrigados a realizar avaliações de risco, implementar medidas de prevenção e estabelecer mecanismos para que os funcionários relatem riscos psicossociais.

  • O Chile introduziu a Lei nº 21.015 em 2017, que se concentra na prevenção do assédio no local de trabalho, na promoção de um ambiente de trabalho respeitoso e na abordagem eficaz dos riscos psicossociais. Essa lei exige que as empresas implementem políticas de prevenção, realizem avaliações de risco e estabeleçam procedimentos para relatar e investigar casos de assédio no trabalho.

  • Na Argentina, a Resolução nº 91/2018 emitida pela Superintendência de Riscos Ocupacionais (Superintendencia de Riesgos del Trabajo - SRT) fornece diretrizes para a avaliação e prevenção de riscos psicossociais no local de trabalho. Enfatiza a importância de identificar e gerenciar fatores como estresse no trabalho, violência e clima organizacional para garantir o bem-estar dos funcionários.

  •   A Colômbia avançou na abordagem dos riscos psicossociais por meio da Resolução No. 2646/2008, que estabelece diretrizes para a identificação, avaliação e intervenção de riscos ocupacionais, incluindo fatores psicossociais. Adicionalmente, o Decreto nº 1.072/2015 traz regulamentação específica sobre a gestão do risco psicossocial, obrigando os empregadores a realizar avaliações de risco e implementar programas de prevenção.

  • Equador:
    No Equador, os riscos psicossociais no local de trabalho são regulados pela Lei Orgânica de Justiça do Trabalho e Reconhecimento do Trabalho (Código Orgánico de la Función Judicial).
    A lei exige que os empregadores evitem riscos psicossociais e fornece diretrizes para lidar com o estresse e o assédio no local de trabalho.

  •   O Uruguai implementou a Lei nº 19.196, que se concentra na prevenção e erradicação do assédio no local de trabalho. Esta lei define o assédio no trabalho, estabelece medidas de prevenção e descreve os procedimentos para relatar e tratar reclamações relacionadas a riscos psicossociais.

  •   Embora o Brasil não possua uma legislação específica dedicada exclusivamente aos riscos psicossociais, a Norma Regulamentadora Brasileira NR-7 trata da necessidade de programas de saúde ocupacional. Enfatiza a importância da avaliação de riscos, prevenção e promoção de um ambiente de trabalho saudável, que engloba indiretamente os riscos psicossociais.

Vale a pena notar que esses exemplos não são exaustivos, e outros países do mundo podem ter seus próprios regulamentos e diretrizes sobre riscos psicossociais. Os empregadores devem manter-se atualizados sobre os requisitos e obrigações específicos em seus respectivos países para garantir a conformidade e promover um ambiente de trabalho seguro e saudável.
  O cumprimento dessas normas não apenas garante o cumprimento legal, mas também promove uma imagem positiva da empresa e promove a satisfação e a lealdade dos funcionários.

É essencial que as empresas priorizem o bem-estar de seus funcionários e entendam os benefícios tangíveis de investir em tecnologias que detectam e gerenciam riscos psicossociais. Ao fazer isso, eles criam locais de trabalho mais saudáveis, felizes e produtivos.

Marco legal

Independentemente do domínio ou setor, o EmoRisk capacita organizações e indivíduos a gerenciar proativamente os riscos psicossociais, salvaguardar o bem-estar e impulsionar o sucesso. Explore as possibilidades ilimitadas com o EmoRisk e desbloqueie o potencial para melhorar o bem-estar emocional e o desempenho.

Entre em contato conosco agora para saber mais sobre como o EmoRisk pode revolucionar a gestão de riscos psicossociais em sua área específica de interesse.

bottom of page